filosofia · literatura · poemas

Prateleiras e sonhos

O abrir da geladeira me frustraPor entre as prateleiras não há o que anseioEssa fome vai além da fruta, do pãoNão é material e nem consumívelTalvez seja uma procura em vãoVejo um espaço vazio ocupado por sonhosNão-tateáveisIntratáveis,Porque imperam a nossa existênciaVeem quando querem...são orgulhosos!Ora são sonhos sem sabor, incógnitasOra sonhos palatáveis, com gostinho de doçuraSonhar… Continuar lendo Prateleiras e sonhos

contos · literatura

Palavras escritas na cartolina

Clara não parava de pensar no atraso em que se encontrava. Entrou no metrô cheio, espremeu-se por entre as pessoas em plena manhã de segunda-feira. Ia para mais um dia de trabalho na redação de um jornal, após uma noite mal dormida concentrada na reportagem que deveria apresentar. Por que escolhera aquela profissão? Na ficha… Continuar lendo Palavras escritas na cartolina