Sábado do vídeo | Neil Gaiman comenta a sua obra e a experiência em clubes de leitura

Matéria publicada no site Literatortura 

No início de setembro, Neil Gaiman divulgou um vídeo que veio com a promessa de responder perguntas feitas por e sobre clubes de leituras. Para funcionar como um pacote completo. E já que praticamente toda entrevista ou vídeo liberado por Gaiman possui grandes frases que se tornam inesquecíveis, este é mais um daqueles momentos em que ele novamente sabe como conversar com seu leitor. E ainda, como tratar a literatura com simplicidade e um carinho genuíno.

Neil demonstra uma grande estima pelos clubes de leitura, pois foi a um deles que o escritor concedeu o seu livro Deuses Americanos, colocando os participantes como os primeiros leitores do livro que ainda não havia sido publicado. Mais do que um teste para saber quais perguntas os participantes deste clube fariam sobre a obra, foi um modo agradável de descobrir mais sobre a própria obra e a relação com o leitor. E não ficou apenas em Deuses Americanos. Gaiman também cedeu mais duas obras a esse clube do qual participava para que discutissem antes da publicação.

“Eu passava uma maravilhosa tarde com eles tomando chá, comendo cookies, respondendo às questões, o chá e os cookies eram obviamente um pouco mais importantes, com as questões em segundo lugar”, brinca Neil no vídeo. E ele acrescenta “Vocês que participam de clubes de leitura leem livros como algo coletivo e prazeroso, vocês possuem opiniões muito fortes e nunca são educados e se você é um entusiasta por respostas exatas ou possui um entusiasmo ao pensar que um livro não deveria ser apenas queimado, mas possivelmente explodido e alvejado por uma artilharia antes que ele se queime, você está sempre apaixonado”.

Esta é uma bela compreensão sobre o embate do leitor com o livro em um clube de leitura: a obra não deve receber uma única qualificação e ser “queimada” por isso. Mas sim ser posta na mesa, entre tantos leitores diferentes, e ser questionada, atacando-a por todas as partes antes que se cogite deixar a obra de lado – por ora – ou qualificá-la com uma resposta unilateral. E é o que fazemos em um clube de leitura, maravilhar-se com os diferentes caminhos que um livro pode ganhar.

Um exemplo disso. Eu participo de um clube focado em livros de arte e, até então, eu tinha uma visão um tanto limitada sobre Delacroix e Ingres. Foi só trazer à tona as observações do autor do livro e colocar os quadros na mesa, com as diferentes observações dos participantes, que a obra passou a existir para mim. Por isso, assistir ao vídeo do Neil Gaiman nos leva a entender como é bom perguntar. É um processo de investigação que precisa ser preservado não apenas em clubes, mas nas leituras diárias, a todo instante. E um escritor precisa abrir espaço para o diálogo com seus leitores.

E este é só o início do vídeo, o qual traz diversas respostas às perguntas dos leitores sobre o último livro publicado por Gaiman, O Oceano no fim do caminho. Foi questionado se ele se inspirou em alguma memória de infância, detalhes sobre possíveis nomes ao narrador, entre outras questões específicas do enredo. Uma resposta para o leitor que ficou instigado com o livro e um exercício para o autor saber o que sua obra trouxe à superfície, com diferentes perspectivas. No fim, esta é uma nova vida que se concede ao livro. Envia-se uma mensagem à espera da resposta do outro para que a obra expanda o seu universo em novas partículas em forma de ideias e novas histórias.

Para assistir ao vídeo, clique AQUI 

(O vídeo tem legenda em inglês para ser ativada. Há alguns errinhos, mas dá para acompanhar)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s