arte · filosofia · literatura · matérias

OBRA DE ARTE DA SEMANA | A mitologia grega em Sky full of song, de Florence and the machine

https://www.youtube.com/watch?v=R1TSiB9OuVM Publicado no site Artrianon  Desta vez, a matéria do Obra de arte da semana é sobre uma música lançada em abril. Sky full of song é o primeiro single do próximo álbum, High as Hope, que Florence Welch, da banda Florence and the machine, pretende lançar por volta de junho de 2018. Com um tom… Continuar lendo OBRA DE ARTE DA SEMANA | A mitologia grega em Sky full of song, de Florence and the machine

cinema · resenhas

Crítica | Estrelas de cinema nunca morrem

Publicado no site A Toupeira Em frente ao espelho, mais uma noite em um camarim, uma atriz prepara a sua entrada no palco. O dourado das luzes que cercam o espelho, os gestos, vistos pelo espectador, podem ser cotidianos, mas possuem algo de ritualístico no modo com que dispõem a maquiagem em cima da toalha,… Continuar lendo Crítica | Estrelas de cinema nunca morrem

cinema · resenhas

Crítica | Tudo que quero

Publicado no site CF Noticias O universo possui surpresas inimagináveis para quem viaja nele. Se até mesmo Spock e Capitão Kirk encontram situações em que duvidam conseguir se salvar, o mesmo ocorre com jovens que desejam independência e provar-se no mundo. Constantemente, civilizações cobram comportamentos distintos e coragem para se manter em pé mesmo em… Continuar lendo Crítica | Tudo que quero

arte · matérias

A Pequena Bailarina de 14 anos, de Degas, ganha novo tutu

Publicado no site Artrianon  Recentemente, curadores do Metropolitan Museum de Manhattan decidiram que A Pequena Bailarina de Quatorze Anos, escultura criada por Edgar Degas em 1881, deveria passar por uma restauração. Até hoje, a bailarina teve sua saia de tule restaurada com cores que tentam se assemelhar ao tecido original ou ganham adaptações mais livres. Como o tecido… Continuar lendo A Pequena Bailarina de 14 anos, de Degas, ganha novo tutu

livros · resenhas

Canção de Ninar, de Leïla Slimani

Canção de ninar, de Leïla Slimani Editora Planeta, 191 páginas. A obra vencedora do Prêmio Goncourt, escrita pela autora franco-marroquina Leïla Slimani, é um retrato sombrio e realista da maternidade no mundo contemporâneo. A sua premissa já é lançada na primeira sentença do livro: “o bebê está morto”. E assim começamos esse thriller sobre uma… Continuar lendo Canção de Ninar, de Leïla Slimani