literatura · livros · resenhas

A filha perdida, livro e filme: um honesto relato entre os tabus da maternidade

créditos: Marina Franconeti Férias na praia costumam significar escapismo e o alívio do distanciamento do passado. Uma suspensão para esquecer dos problemas. Mas no livro de Elena Ferrante, A filha perdida, a vida inteira de Leda volta como uma tsunami na aparentemente singela praia, para trazer à superfície as imagens menos belas da maternidade. Acompanhamos… Continuar lendo A filha perdida, livro e filme: um honesto relato entre os tabus da maternidade

cinema · resenhas

Filmes natalinos para ver – parte 2

No ano de 2020, eu montei uma lista com filmes e séries natalinos que assisti entre os meses de novembro e dezembro. Este ano repito a dose, mas a lista ficou menorzinha. Os clássicos Grinch, A felicidade não se compra, entre outros, já comentei nesta lista aqui. A deste ano traz alguns lançamentos dos streamings… Continuar lendo Filmes natalinos para ver – parte 2

Halloween · resenhas

A maldição da mansão Bly: as repetições da memória

Vivemos e escrevemos perseguindo um esforço por nunca esquecer. Tentamos segurar as pessoas e as lembranças, as vivências e os instantes nos lugares que habitamos, porque no fim o grande temor é que sejamos apenas isso: o que nos lembramos e o que nos esquecemos. Confesso que esse texto é um desses esforços de não… Continuar lendo A maldição da mansão Bly: as repetições da memória

resenhas

The Crown, 4a temporada: desilusões da rainha e da princesa na torre

A quarta temporada de The Crown, lançada em novembro de 2020, explodiu intensamente. Com três figuras intensas, a Rainha Elizabeth II, a Princesa Diana e a primeira-ministra Margaret Thatcher, temos estabelecido um palco famoso para algumas gerações que começam a ter vislumbres de memórias de infância relacionadas a essas figuras políticas, bem como o reconhecimento delas a partir de outras… Continuar lendo The Crown, 4a temporada: desilusões da rainha e da princesa na torre

resenhas

A 3a temporada de The Crown e as fissuras na Coroa

Tornar-se o perfil representativo e envelhecer diante dos olhos da nação. A terceira temporada de The Crown se inicia com a Rainha Elizabeth II (Olivia Colman) descobrindo sua nova face imortalizada pelo selo. Misturada a sua imagem, vem a crise na sutileza da dúvida, se os anos como a Coroa foram válidos, o porquê de o cenário do Reino Unido… Continuar lendo A 3a temporada de The Crown e as fissuras na Coroa

matérias · resenhas

Da jovem princesa à rainha: a era Claire Foy em The Crown

A ameaça da Coroa fulgura acima da cabeça de Elizabeth II por toda a sua vida. No entanto, a escolha de seu tio em abdicar ao trono, com o irmão dele, e pai de Elizabeth assumindo, aquilo que era apenas uma fumaça de possibilidade em sua vida se torna densa como ouro. De princesa, Elizabeth ascende à… Continuar lendo Da jovem princesa à rainha: a era Claire Foy em The Crown

curiosidades · história · matérias

Os dias da rainha Elizabeth II no Brasil

Além das tramas contadas na série da Netflix, The Crown, um fato histórico no cenário político brasileiro em 1968 é pouco conhecido: a rainha Elizabeth II já visitou o Brasil. Em 1968, a rainha, na companhia de seu marido, o príncipe Phillip, esteve por 10 dias no país, entre 1 a 10 de novembro. Foi a única vez… Continuar lendo Os dias da rainha Elizabeth II no Brasil

matérias · resenhas

O Gambito da rainha: o viver e crescer de uma mulher-prodígio no xadrez

A minissérie da Netflix, O Gambito da Rainha (The Queen's Gambit, no original), traz para o centro o universo dos torneios de xadrez entre o final dos anos 1950 aos 1970, com uma personagem cativante que enfrenta os desafios de ser uma mulher em um espaço masculino e competitivo. Dirigida por Scott Frank, o roteiro é baseado no… Continuar lendo O Gambito da rainha: o viver e crescer de uma mulher-prodígio no xadrez

história · literatura · livros · resenhas

Vulgo Grace, de Margaret Atwood

Publicado no site Artrianon Vulgo Grace, de Margaret Atwood Rocco, 511 páginas. A loucura não é uma ausência, nem um mudar-se para outro lugar, mas é outra pessoa que entra. Com essas palavras, a protagonista de Vulgo Grace, livro de Margaret Atwood, estabelece-se a possibilidade de que o terreno em que adentramos é o de alguém… Continuar lendo Vulgo Grace, de Margaret Atwood

arte · resenhas

Five Foot Two | A arte e as dores no documentário de Lady Gaga

Publicado no site Notaterapia Na sexta (22), a Netflix liberou o documentário da cantora e compositora Lady Gaga, Five Foot Two. Dirigido por Chris Moukarbel, acompanhamos as gravações em 2015 do álbum Joanne, a fase de Gaga após a turnê de Born this way que consagrou a cantora pop, e a preparação para a sua… Continuar lendo Five Foot Two | A arte e as dores no documentário de Lady Gaga