arte · literatura · poemas

E ainda é meio-dia

O sol a pino anunciando a parcela De dia quase inesgotável De mais rotina vista da janela, De doçura inefável. E, veja só, ainda é meio-dia. Situado em tal eternidade, O sol promete inícios longínquos, O almoço é engolido com ansiedade, Das expectativas de sóis oblíquos. Mas já é meio-dia. Tempo esse que se consome em… Continuar lendo E ainda é meio-dia

cinema · resenhas

Engrenagens e um cinema mágico

Magia. É assim que A invenção de Hugo Cabret se apresenta. É mágico, de tirar o fôlego. A história de um menino que vê o mundo como um relógio, a necessidade de consertar a vida das pessoas e mudar o rumo de tudo através da magia do Cinema. Hugo Cabret é um órfão que mora… Continuar lendo Engrenagens e um cinema mágico