Certezas?

São das dúvidas que eu vivo.
Crio, recrio, descarto modelos.
Há mais no mundo para se (tentar) descobrir
Mas é o desconhecido, a assimetria que deve prevalecer.
É a loucura que faz do homem alguém sensato,
Que vê o firmamento sempre de uma nova maneira.
Pode parecer uma contradição:
O homem precisa de algo em que se sustentar
Porém,
Debruçar-se apenas nas verdades fornecidas,
Viver com receio de agir por si mesmo,
É uma forma de só desvalorizar a razão humana.
O pensar, o agir
Perdem-se no meio das ideias que acobertam o homem
E este se aprisiona em si mesmo.
Como?
Exatamente aquilo que ele procura como certeza,
Uma busca incessante e desvairada,
É só a tentativa de trazer ordem para si mesmo.
E o círculo das certezas o pressiona e se transforma num monstro.
Anúncios

2 comentários sobre “Certezas?

  1. Nossa!!! Marina!!! Posso falar que eu tô com inveja de verdade porque não fui eu que escrevi? Maravilhoso… Quero que ele seja meu!!!! ahahahaha

    Minha querida amiga tá crescendo como poetisa, tô morrendo de orgulho!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s